Google+ Followers

terça-feira, 17 de agosto de 2010

COMO PREPARA A LATINHA MÁGICA



Como Preparar a Latinha Mágica que produz uma Fotografia.



A CÂMERA: Na preparação da LATINHA tem que ter o cuidado em vedá-la completamente para que não entre nenhuma LUZ, pois do contrario-o PAPEL FOTOGRAFICO-que e sensível a LUZ branca (luminosidade) será inutilizado-para não acontecer isso, é preciso revestir todo o interior com uma cartolina PRETA, inclusive a tampa.




1 – faça um furo na lateral da latinha a 4,5 cm da base inferior, ter cuidado para não amassar a lata, depois com uma lixa retire as pequenas rebarbas para facilitar a decoração da latinha mágica.

Obs. Sugestão de cena.


2 - Pegue um barbante e tire as medidas da latinha, altura e circunferência e recorte a cartolina preta com as dimensões, faça um recorte de um retângulo na cartolina que devera coincidir com o furinho da latinha, e importante forrar a tampa da lata também.

Sugestão de cena.



3 – Corte um quadrado de 4x4 cm de papel alumínio, e cole com uma fitinha adesiva sobre o furo.
Com uma pequenina agulhinha fininha, fure o papel alumínio, sendo que tem que coincidir com o outro furo.
Este furinho no papel alumínio tem a mesma função de um DIAFRAGMA, o mesmo de uma câmera fotográfica convencional, que controla a abertura para regular a quantidade de LUZ que entra.

Sugestão de cena.


4 – cortem um papel cartolina preto fosco em um retângulo de 5x6 cm e fixe na parte de fora da latinha, sendo que tem que ser em cima do furinho do papel alumínio coloque em uma das extremidades do papelzinho uma fita adesiva, porque ela ira fazer como uma dobradiça (portinha regulando a quantidade de luz necessária para gravar as imagens fotográficas, ela que regula a gravação no filme (papel fotográfico)).

Sugestão de cena.


5 - Este e o momento de fazer a decoração da latinha no lado de fora, ai vocês vão ter que usar criatividade, mas muito cuidado para não deformar o furinho.

Sugestão de cena

6 – Como construir uma Luminária para luz vermelha: Uma lata grande de 3,6 lts, fure o fundo e passe um fio elétrico com soquete ( bocal para lâmpada, isole bem e vede o furo para não passar a luz) .

Sugestão de cena.

6 – fixar muito bem o soquete por dentro da lata deixando rende ao fundo, onde você terá que fixar com uma fita adesiva, oito camadas de papel celofane de cor vermelha. Esta pronta a luminária do laboratório que ficara a um metro da bancada.

Sugestão de cena.

7 – Como montar um laboratório fotográfico.
Monte o laboratório em uma sala onde tenha torneira de água corrente, e que seja pouco utilizada. Tampe todas as entradas de luz branca, com cartolina ou plástico preto, controle para que o grupo seja com poucas pessoas por questões de segurança.

Sugestão de cenas.

8 – Material do laboratório fotográfico: 4 banheiras plásticas tamanho 18x24 cm
Uma mesa, uma lamina de vidro 30x40 cm.

Sugestão de cena.

9 – Como carregar a latinha fotográfica:
O “ FILME” (papel fotográfico) nesta experiência tem que colocar no interior da lata com a luminária (luz) vermelha do laboratório, importante e que só pode tirar uma fotografia: tudo tem que ser feito com a luz vermelha do laboratório, caso o contrario queimara o papel.

Sugestão de cena.

9ª – corte o papel fotográfico em quatro partes (você terá retângulos de 12x9 cm)
Para cortar o papel tem que usar uma guilhotina ou régua, evite colocar os dedos com muita pressão, pois o papel e muito sensível.
Utilize uma fita adesiva no verso do papel e fixe dentro da lata no lado oposto do furinho.
Tampe bem a lata e certifique que o obturador (a portinha que impede a entrada de luz) esteja fechado.
Somente após estes cuidados você poderá sair do laboratório.

Sugestão de cena

CHEGOU A HORA DO CLIC.
Para sensibilizar o papel suficientemente, o tempo de exposição à luz deve ser relativamente logo, isso depende da luz externa (como estará o tempo).Para tirar fotografias de paisagens ou objetos e mais fácil, porque eles não se movem, para tirar uma foto de pessoas elas deveram estar totalmente imóvel, caso o contrario saira uma imagem de um fantasma.

Apóie a latinha em uma superfície fixa, de preferência que esteja o tempo com sol e abra a portinha por 15 a 20 segundos, com o tempo nublado ficar com a portinha aberta por dois minutos: caso na revelação a fotografia o papel-negativo ficar muito claro repita o processo novamente com um outro tempo de exposição maior ou vice-versa.

Ao terminar de tirar a fotografia com a latinha procure manter a portinha bem fechada e somente abra quando estiver na luz vermelha do laboratório fotográfico.
O passo seguinte será a revelação.

Sugestão de cena.

10 – A REVELAÇÃO DO FILME-PAPEL: verificar se todas as luzes brancas estão apagadas e somente a luz vermelha acessa, terr muito cuidado ao manusear os produtos químicos

Primeiro retire o papel da latinha e mergulhe na banheira com revelador por 1,5 minutos, balance a banheira de leve para movimentar o revelador.

Segundo coloque o papel na segunda banheira com água ( para interromper a ação do revelador.

Terceiro deixe o papel na banheira com fixador por dois minutos.

Quarto, lave o papel em água corrente para a retirada dos produtos químicos deixando por cinco minutos, após esta operação colocar as fotografias em um varal para secagem.
Autor do Projeto
Jorge Aguiar
Fotojornalista. 20/12/2003

Nenhum comentário: